01 setembro 2015

Curso do Bajzek - Oficina de Desenho Urbano

Nos dias 18 e 19 de setembro, estarei ministrando uma oficina de Desenho Urbano, como parte do Curso do Bajzek. As inscrições estão abertas!
Depois da recente experiência de Limeira achei interessante realizar um oficina neste formato aqui em São Paulo também. Dessa forma, quem ainda não fez meu curso pode ter uma experiencia bacana. Quem já fez, pode fazer de novo! Nunca é demais praticar, e sempre teremos o que dialogar e estudar. Cada novo desenho é uma história diferente.
Essa oficina está dividida em dois dias, sendo que no primeiro é apresentada um material ilustrativo importante para sedimentar a atividade. Neste dia mesmo, ainda reestudamos alguns aspectos da perspectiva (e já praticamos um pouco!)
O segundo dia - o sábado todo - é dedicado à pratica direta. Os alunos são orientados a fazer desenhos seguindo alguns critérios, como tempo de execução e temas. Em cada etapa discutimos os trabalhos, e cada aluno recebe atendimento individual durante cada exercicio, mais de uma vez.

Eu te convido a vir desenhar conosco no Sesc Pompéia, meu projeto arquitetonico preferido de São Paulo. Um parque de diversões para desenhistas!

Importante: essa oficina é destinada a profissionais ou estudantes de qualquer área ligada ao desenho, à ilustração e desing e artes plásticas em geral.

O valor da oficina é de R$ 400,00.
Para quem fizer a reserva a vista há desconto de 5%.
Para inscrições simultaneas, de mais de um aluno, é concedido um desconto de 10%!

Tenho pensado em dividir o Curso do Bajzek, em dois módulos: Desenho Arquitetonico e Desenho Urbano. Assim, posso atender quem tem mais interesse por um tema ou outro, ou pelos dois.
Aceito sugestões ;)

Abraços

30 agosto 2015

Oficina de Desenho Urbano em Limeira

Nos dias 07 e 08 de agosto ministrei uma oficina de desenho urbano em Limeira, à convite da Oficina Cultural Carlos Gomes, coordenada por Robson Trento.
Fiquei bastante impressionado com a organização do projeto antes e durante o evento. Fui super bem recebido no elegante Palacete Levy, onde esta sediada à Oficina Cultural.
Começamos na sexta-feira à noite, com palestra sobre o tema e uma explicação sobre os conceitos básicos de perspectiva. O tempo passou rápido enquanto o pessoal folheava meus sketchbooks fazendo perguntas sobre os desenhos.
No sábado pela manhã, um pouco mais de teoria sobre perspectiva e logo os alunos começaram a desenhar. A proposta inicial foi começarmos dentro do casarão, aproveitando a riqueza de detalhes arquitetônicos. Depois, desenhamos por alguns minutos na Igreja Nossa Senhora da Boa Morte, construída no século XIX, com um interior barroco muito bonito.

O tema para o próximo desenho foi o próprio Palacete Levy, onde os alunos foram desafiados a representar a totalidade da fachada em poucos minutos.
Em seguida seguimos caminhando pelo centro da cidade, onde tivemos a oportunidade de fazer mais alguns desenhos, sempre com as pausas para a avaliação conjunta.
Avaliação coletiva dos desenhos a cada etapa


Os alunos são convidados a falar sobre seus próprios trabalhos, o que tem papel importante no desenvolvimento do desenho na medida em que verbalizar o processo é apropiar-se dele.



Em alguns momentos fiz rápidas demonstrações para dar um certo norte aos alunos.
No finalzinho deu para fazer uma rápida demonstração do processo de pintura por massas, feito com markers.
Gostaria de agradecer ao convite feito pelo Robson, à Oficina Cultural Carlos Gomes, à Papelaria Universitária que nos forneceu cadernos de desenhos e outros brindes, e enfim, aos participantes que se mostraram entusiasmados com o tema.
Espero agora que os participantes da oficina possam continuar a registrar as ruas e monumentos de Limeira através de seu olhar único.

Enfim, o desenho urbano pode ser uma atividade individual ou coletiva, mas sempre trará beneficios à cidade com um todo.
A arte se ocupa do meio urbano, e o meio urbano devolve inspiração.

Obrigado!

Perspectivas Arquitetônicas para ITV Empreendimentos Imobiliários

Nas últimas semanas tenho trabalhado no material artístico de um novo condomínio da ITV Empreendimentos Imobiliários, uma parceria que já dura alguns anos.
Estas são as primeiras perspectivas realizadas.
Foram todas feitas em aquarela, formato aprox. A3.
Avenida de acesso, com fileiras de ipês rosas e amarelos.

Portaria com ipê branco em primeiro plano.

Área de lazer - piscina, fitness e churrasqueira
Área de lazer - salão de festas e playground
Projetos de arquitetura: Arquitecnica Arquitetura e Urbanismo

13 julho 2015

Hélio Leites...sobre a tristeza.

A primeira vez que assisti esse vídeo me arrepiei com a simples profundidade com que esse cara fala sobre alguns aspectos da vida. Poucas palavras dizem muito.

10 julho 2015

Desenhos ao vento...

Outro dia imaginei-me em um local montanhoso, de verdes encostas e aquela névoa da manhã atravessada gentilmente por um sol radiante.
Segurava uma pilha com todos os meus desenhos. Centenas deles...TODOS.
Alegremente, e emocionado ao mesmo tempo, abri a mão e soltei todos os desenhos ao vento...
As páginas voaram para longe, caindo e se desmanchando ao Tempo...
A sensação era de paz.
De muita alegria.
Leveza...
Hoje tive uma sensação nova e lembrei-me dessa visão.
Ouvia agora mesmo, o Concerto de Aranjuez, e me emocionei – mais uma vez – com a dimensão dessa música. Pura expressão de Deus através do homem.
E pensei nos pintores que deixaram grandes obras para a humanidade, e assim meu Ego logo perguntou qual seria a ‘minha’ grande obra. O que ‘eu’ deixarei aqui neste planeta?
E, Graças a Deus, uma afirmação em forma de pergunta me veio à cabeça: “porque você precisa deixar algo MATERIAL aqui?”
Seus desenhos são efêmeros.
Sua passagem por aqui também.
Tudo é efêmero.
Menos a alma.
Que é...
...um pedacinho de Deus.
Uma fração que Ele, generosamente, deixou livre.
Para voar por ai.

22 junho 2015

Encontro de Urban Sketchers no Palácio das Indústrias

No último sábado, dia 20 de junho, rolou mais um encontro do grupo Urban Sketchers São Paulo, organizado por Ronaldo Kurita em parceria com o Museu Catavento e apoio da Papelaria Universitária, que há anos vem acompanhando o crescimento do grupo. O evento foi realizado no Palácio das Indústrias, um magnifico edifício no centro da cidade, que já foi tema de alguns desenhos meus.
Um deles, de 2009, foi feito em marcadores e tem um aspecto despojado e solto, do qual gosto muito.

Em maio deste ano, estive novamente por lá para fazer um novo trabalho, dessa vez em grafite, cujo resultado postarei em breve. Tratou-se de uma encomenda, na verdade um convite feito pelo mestre Matthew Brehm, do qual fiquei muito orgulhoso e contente. O passo-a-passo do desenho será publicado no próximo livro dele, que será sobre Perspectiva.
Toda a produção do desenho foi registrada pelo meu amigo e fotógrafo Alessandro Couto, que conseguiu alguns ângulos incríveis, como na foto abaixo, quando eu estava fazendo leitura de ângulos.


Enfim, no último sábado eu decidi fazer desenhos somente a caneta preta, uma tendencia que tenho observado em mim  quando vou para a rua desenhar. Acho que é para trabalhar mais relaxado, e gastar menos tempo e energia em cada desenho, possibilitando inclusive retratar mais ângulos e detalhes dos edifícios, como aconteceu no Palácio das Indústrias.

Seguem os desenhos!

Adicionar legenda
As imagens estão postadas na ordem em que os desenhos foram feitos. Consegui nessa oportunidade registrar alguns dos detalhes que muito aprecio nesta construção, como a esquina com nichos e espelho d'água, a Quimera (figura mitológica aqui segurando um mastro de bandeira), e o Carro-de-Bois, belíssimo conjunto escultórico. Desenhei ainda um recorte do panorama do centro de São Paulo, com o Edifício Altino Arantes (o Banespão) em destaque. Tais ângulos somente puderam ser desenhados pois tivemos acesso a alguns terraços privados do museu!
Terminei o dia almoçando com os colegas no Ponto Árabe, tradicional restaurante próximo ao Mercadão.
Foi um ótimo dia!

Nova Turma do Curso do Bajzek! E em breve...novidades!

Estão lançadas as inscrições para a 19º Turma do Curso do Bajzek!
Será dos dias 23 a 25 de julho, quinta à sábado, em formato intensivo.
O local continua o mesmo, na Galeria Ornitorrinco, na Av. Pompéia, 520.

Aproveito para dizer que estou preparando um novo curso! Será de desenho de vegetação.

Percebi com o tempo a necessidade de criar esse curso, observando uma certa dificuldade dos alunos desenharem árvores e arbustos nos desenhos arquitetônicos. No curso regular, eu dedico uma parte de uma aula à pratica do desenho de uma árvore, mas o tema é muito abrangente.
A preparação do curso tem sido muito interessante, pois tenho observado como esse tipo de tema pode gerar conceitos profundos sobre desenhos.
O 'Curso de Vegetação do Bajzek' será dividido em 2 módulos, sendo o primeiro ligado a vegetação arbustiva, e o segundo à arvores e palmeiras.
Espero te-lo formatado em breve! A produção está intensa...
Aguardem!

12 maio 2015

50º Encontro de Urban Sketchers São Paulo

Neste último sábado, 09 de maio, foi realizado em São Paulo o 50º Encontro de Urban Sketchers São Paulo! Depois de alguns anos à frente do Urban Sketchers Brasil e São Paulo, hoje estou apenas como 'participante'. O que é bom, para mim e para todos!
O grupo aqui em São Paulo está hoje sendo gerenciado pelo meu ex-aluno, o arquiteto-paisagista Ronaldo Kurita.
O Ronaldo está fazendo um excelente trabalho! Cheio de disposição e boas idéias, realizou um belo encontro neste sábado, com direito a diversos brindes promovidos pela editora GGBrasil e Papelaria Universitária, entre outros.
O encontro foi realizado no Largo de São Francisco, no centro da cidade, um local histórico com edifícios simbólicos: a Escola de Comércio Álvares Penteado, a sede da Faculdade de Direito da USP e a Igreja São Francisco. Esta última tem ainda a fachada colada à Igreja da Ordem Terceira da Penitência. É um interessante conjunto arquitetônico, ótimo para ser desenhado.
Fiz alguns sketches rápidos usando uma caneta Stabilo e uma caneta 'brush' japonesa (na verdade duas, uma gasta para meio-tons e uma nova para alguns accents). Interessante como eu desenho relaxado usando esses materiais, incluindo nessa lista o grafite. Já a aquarela, nem tanto rsrs...
Enfim, seguem os desenhos que produzi neste dia.

20 abril 2015

Inscrições para 18º Turma abertas!

As inscrições para a 18º Turma estão abertas!
Dessa vez teremos um formato diferente, que poderíamos chamar de semi-intensivo. Serão 3 sábados consecutivos, nos dias 16 - 23 - 30 de maio, das 09:00 às 18:30hs.
A idéia de criar esse formato foi para atender ao pessoal que não pode se ausentar do trabalho ou faculdade durante a semana.
O conteúdo será o mesmo.
Lembrando que agora temos descontos especiais para grupos.



Nos vemos em breve!

Curso do Bajzek - Fotos da 17º Turma

Entre os dias 09 e 11 de abril realizamos a 17º Turma do Curso do Bajzek, na Galeria Ornitorrinco, em São Paulo.
Mais um grupo interessado e entusiasmado, que trabalhou duro por 3 dias para estudar todo o conteúdo do curso.
Apesar do conteúdo já estar consolidado, a dinâmica de alguns exercícios vai sendo aprimorada. A forma como eu apresentei o estudo da árvore mudou, por exemplo. Esse é o tema mais abstrato de todo o curso, e por isso talvez um dos mais interessantes.
Seguem as fotos:
Ao final da primeira manhã, avaliando juntos os resultados.

Desenhos rápidos, máximo 10 minutos.

O carioca Luiz Augusto, professor de arquitetura.


Pessoal fazendo medições de ângulos

Resultados do exercicio de massas, com pastel seco.

Belo dia para desenhar no Sesc Pompéia.

A 17º Turma! Obrigado pessoal!


Condominio Ecologie - ITV Empreendimentos

Durante os últimos meses estive bem atarefado por conta de algumas encomendas de grande porte. Uma delas foi ilustrar o condomínio Ecologie Residencial Itatiba, da ITV Empreendimentos Imobiliários.
Foram 14 perspectivas artísticas feitas em aquarela, além da implantação digital.
Este trabalho sedimentou ainda mais em meu processo a importância de realizar estudos de valores tonais, preliminares à execução das aquarelas. Nestes estudos eu resolvo toda a graduação de valores que aplicarei na hora da pintura, de forma que tenho assim maior objetividade e controle da execução, prevenindo possíveis erros. Nestes estudos aproveito para estudar a posição das sombras, incrementar a construção da perspectiva, incluir as pessoas e detalhes. Como costumo dizer aos meus alunos, quando vou para a aquarela, já sei o que vou fazer, por onde começar, o quanto de pigmento vou colocar, etc. Claro que, por tratar-se de uma técnica tão delicadamente imprevisível, sempre haverá surpresas por mais que se tente controlar o processo. O que é de certa forma bom.
Enfim, vamos às imagens:
Portaria

Avenida Principal
Quadras Esportivas

Campo de Futebol - Volei de Areia

Praça de Leitura

Praça da Fogueira - Half Pipe

Playground

Trilha Ecológica

Clube
Arquiteta Luciane Virgílio

Arquiteto Marcos Chede

Arquiteta Fabiana Moraes

Arquiteto Fabricio Pedroza

04 março 2015

Nova Turma do Curso do Bajzek

Faz um bom tempo que não posto alguma coisa, devido a uma série de encomendas. Infelizmente não tenho tido tempo e disciplina para postar novos trabalhos.
Mas vamos falar do Curso do Bajzek!
As inscrições para a 17º Turma já começaram. O curso será ministrado novamente na Galeria Ornitorrinco, na Pompéia.
Vamos novamente de formato intensivo, que rende ótimos resultados. O conteúdo do curso é praticamente o mesmo do curso extensivo e, além disso, um grande ponto positivo para esse formato é que é possível manter o nível de energia e concentração de todos muito alto durante todos os exercícios.
É um curso de imersão em desenho.
Lembrando que agora há descontos especiais para grupos de 2 pessoas ou mais.
Nos vemos em breve!
Leia esse post e veja sobre como o curso é estruturado entre técnicas, fundamentos e conceitos.
Clique também na aba "Sobre o Curso" no topo do blog para mais detalhes, ou envie um e-mail para mim no edubajzek@gmail.com